Skip to main content

Vantagens das Estacas por Hélice Contínua Segmentada

1. Elevada produtividade em obras de pequenas dimensões.
2. Maior flexibilidade para deslocamento entre estacas.
3. Executa diâmetros pequenos com menor investimento.
4. O monitoramento eletrônico da estaca aumenta o controle de todas as fases da execução, evita desperdício de material e garante a qualidade.
5. Indicada para trabalhar em obras com pé direito limitado.
6. Circula melhor em terrenos com diferença de nível ou rampas.
7. Não necessita água nem energia elétrica na obra.
8. Substitui com vantagem a estaca raiz em solos.
9. Menor custo de transporte e instalação.
10. Menor peso e portanto menor risco de atolamento, o que reduz custos de melhoria de suporte do terreno.

Metodologia Executiva

As fases de execução de uma estaca “ Hélice Contínua” podem ser assim resumidas:
1. Perfuração.
Introdução do trado no solo por rotação até a profundidade de projeto, sem expurgo do
material. Uma válvula de proteção existente na extremidade do eixo da hélice impede a
entrada de solo durante a perfuração.
A operação de perfuração é contínua, sem a retirada da hélice.
2. Concretagem.
Atingida a profundidade desejada, o concreto é bombeado pelo tubo central do trado,
sendo a estaca concretada simultaneamente à extração da ferramenta.
Nesta fase, a velocidade de extração da hélice está diretamente relacionada com a
pressão do concreto e seu sobreconsumo, de modo a não deixar vazios entre a
extremidade da hélice e o concreto que está sendo lançado.
3. Colocação de armaduras.
Sendo necessário armar as estacas, a colocação das armaduras será efetuada após o
término da concretagem.
A armação, em forma de gaiola, é introduzida na estaca por gravidade, com auxilio de
pequenos pilões ou vibradores.